ÚLT POSTS

PUBLICIDADE

Oi pessoal, tudo bem? Eu finalmente criei coragem e adquiri disciplina para voltar com o meu blog, depois de basicamente dois anos. Eu sei que o publico que me seguia antigamente é totalmente diferente do que me segue hoje em dia e eu também sou uma pessoa completamente diferente. Eu ainda vou continuar com os mesmos assuntos aqui, porém, farei algumas mudanças.
Falarei um pouco sobre a vida nos EUA, darei dicas de compras, supermercados, produtos saudáveis, saúde, beleza, vida de casada e vários outros assuntos que ao meu ver, é bem legal.

Eu sei que muita gente gosta de ver sobre o que há de diferente aqui e eu vou tentar mostrar o máximo que eu puder com post aqui no blog e stories no meu instagram.



No post de hoje, eu falar um pouco em como cuidar da ansiedade, que é um problema que eu venho enfrentando há mais de 2 anos e acho legal dividir informações para quem ainda não entende muito do assunto.
Eu vivia estressada, tudo me tirava do sério e muitas vezes o mínimo me fazia chorar. Eu também tinha e de certa forma ainda tenho muita dificuldade para iniciar novos projetos, seja algo grande ou algo pequeno. Vou usar 2 exemplos:

Exemplo número 1: Eu tinha minha carteira de habilitação no Brasil, e quando me mudei para os EUA, eu precisei de uma nova. E só de pensar em fazer o teste de novo, eu comecei a ter ataques de ansiedade que incluíam sintomas como vômitos, insônia, diarreia, tremor nas pernas e uma enxaqueca insana. E não tinha nada que me fizesse ficar calma, eu só me acalmei quando terminei o exame prático e o instrutor disse que eu tinha sido aprovada.

Exemplo número 2: Quando eu e o meu marido ainda eramos namorados, ele tinha uma consulta marcada com um médico e ele estava se arrumando no banheiro enquanto eu tomava banho, ele disse que estava atrasado e que precisava ir. Quando eu sai do banho, eu percebi que ele tinha esquecido o  celular em cima da pia com o GPS aberto, e ele sabia muito bem como chegar no local. Eu comecei a pensar em mil tragédias, pensando que ele poderia ter desmaiado na garagem do prédio e ninguém estava lá para ajudá-lo ou que ele tinha se perdido no caminho, e de repente, eu comecei  a suar frio, a ter um aperto no peito muito grande, comecei a chorar de desespero e o vômito estava preso na minha garganta. Eu só consegui de fato me acalmar quando ele chegou em casa e eu vi que estava tudo certo e que ele estava fora de perigo.

Foram episódios como esses, que chamaram a minha atenção para buscar terapia e outros recursos que me ajudam diariamente a lidar e controlar a minha ansiedade.
Algumas dicas que eu dou para quem está enfrentando os mesmos problemas que eu: 

1- PROCURE TERAPIA.
Não insista em medicamentos que depois de um certo ponto vai ter efeito placebo e a longo prazo vai acabar com a sua saúde, e se no seu caso você realmente precisar de medicamentos, procure um profissional da área para ter certeza.

2 - Evite cafeína: 

Eu amo café e ainda tomo, porém, eu diminuo a cada dia mais. É difícil pra mim? Sim, mas a cafeína é altamente estimulante e pode contribuir pra agravar os sintomas da ansiedade. 

3 - Faça algum exercício que te ajude a se conectar com você. Pode ser o que você achar melhor, pode ser musculação, corrida, bicicleta, yoga. O que de fato te conecte mais com você.


4 - Chás: Apostem em chás que te ajudem a relaxar, dormir melhor e promover uma sensação de conforto e calmaria. Os que eu mais gosto são os chás de lavanda, camomila, erva cidreira e flor de maracujá.


Então, é isso pessoal, eu pretendo falar sobre ansiedade pelo menos 1x por mês aqui no blog e eu espero ajudar vocês, um beijo!

COMPARTILHE

Comente pelo Facebook!

3 Comentários

  1. Só quem consegue identificar suas próprias crises de ansiedade sabe como é terrível só de imaginar numa situação que pode ocasiona-la. Continue falando sobre o assunto sim amiga é algo muito importante ❤️

    ResponderExcluir
  2. Vc nem imagina o que eu tô passando,pra vc ter uma idéia, na minha bolsa , eu tenho Rivotril , 0,25,gotas e o de 2 mg....estou pedindo muito a Deus , para acalmar meu coração.

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *