ÚLT POSTS

PUBLICIDADE




É incrível que quanto mais o tempo passa, eu vou me curando mais e mais do meu passado. Quando eu era adolescente, eu tinha muita dificuldade em me aceitar esteticamente por causa da maneira que a sociedade ditava como que a beleza deveria ser, e até comentei sobre isso no meu Instagram esses dias, e também me recordei de que se eu quiser uma foto minha de quando eu tinha uns 15, 16, 17 e até mesmo 20 anos, eu não tenho.

Eu não sei quando que a chavinha virou, mas eu aprendi que somos únicos e que devemos nos amar sempre do jeitinho que somos sem nenhuma comparação.


Eu sempre fui muito diferente da minha família, das minhas primas, tias, irmãos e todo mundo que me rodeava e muitas vezes eu era criticada por isso.

Lembro-me perfeitamente que uma vez indo para a praia de carro, minha tia comentou com a amiga da minha prima que eu era muito diferente das outras meninas da minha idade, e que isso a preocupava, que talvez eu não arrumasse um namorado ou algo do tipo, e a amiga da minha prima respondeu imediatamente que tudo era uma fase, que eu iria voltar a ser normal e talvez eu só quisesse chamar atenção. Sinceramente, na época aquilo me magoou de uma forma que eu não consegui entender, porque eu era muito nova e estava começando a entender a vida e fiquei me perguntando dias de que forma eu era diferente. 

Na minha cabeça, eu era apenas uma adolescente que gostava de bandas de rock, filme de terror e caras de cabelo grande, enquanto a maioria gostava de é o tchan, calypso e harmonia do samba.

E por muitos anos eu senti me como se eu não pertencesse a nossa sociedade, e a verdade é que todos nós pertencemos, só que de maneiras diferentes. Infelizmente demorou, mas eu aprendi que não importa o que você faça, não importa como você é, as pessoas vão te julgar.


Se eu soubesse de tudo que eu sei hoje em dia, eu jamais teria me cobrado tanto por não me encaixar em um padrão que a sociedade impõe.
Tudo bem se eu sou diferente do meu amigo ou do meu irmão. Vivemos em um mundo onde parece que as pessoas estão mais preocupadas em falar do próximo do que ver o próximo ser feliz.
Seja você mesmo sempre, sem medo, seja feliz. Aproveite cada momento porque eles são únicos, fotografe cada momento de você, viva!

COMPARTILHE

Comente pelo Facebook!

Um Comentário

  1. eu tenho duas fotos de quando era adolescente e 3 ou 4 de quando crianca, pelas mesmas questoes que voce.

    Um beijo.
    Ha det bra!
    Leidiane Holmedal | leidianesbueno@gmail.com
    Watermelon Curly
    Instagram Watermelon Curly

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *